DICIONÁRIO AULETE

iDcionário Aulete

quinta-feira, 30 de julho de 2015

PENSAMENTO, SENTIMENTO E VERDADE





Pensar e pensar mais uma vez
Pensar.
Ninguém pode saber o que estou
A pensar.
Ultra intimo é o meu pensar, assim seguro é
Pensar...
Sentir o que é só meu, ou o que deveria ser...
Seu sentimento.
Amar, rir, chorar, abraçar e conhecer mais...
Forte sentimento!
Devo guardá-lo na minha fortaleza e impedir
Outros sentimentos...
Verdade se busca na verdade; ela só pode ser
A legítima verdade.
A fuga da verdade só traz a infelicidade; ela é o terrível
Pensamento covarde.
A verdade nasce além da alma, foge-me o entendimento...
Dá a calma ao pensamento.
A verdade que o pensamento nasce sempre do sentimento
Sem consentimento!
Entra, senta-se, vê, ouve e opina, alimenta-se e assim vive
Íntimo e comprometido...
Só terei a liberdade nesse meu intimo e único
Pensamento.
Bom, mau, bem ou mal, ação, passividade, atividade, puro,
 Impuro, pecado ou santidade
Silencio e mistério sempre...
Teremos na verdade, sentimentos guardados no pensamento. 

Escrito por: Profº Jair

terça-feira, 28 de julho de 2015

ORTOGRAFIA


Jovens e adultos alcançaram o que lhes parecia impossível.



Carta-Aviso (direito autorais - em tempo)                                                     17 de janeiro de 2013.

Queridos leitores,
Após ter dado início há dois anos ao oliveofgod.blogspot.com.br, bem antes de ter adquirido o livro “Redação &Gramática" (revisada e atualizada) e de ter lecionar uma das Escolas do Município de Ladário – MS, a qual está entre as que têm os alunos mais carentes do município.
Diante das dificuldades didáticas e pedagógicas encontradas e me sentindo insuficiente para resolver tais problemas, vi-me diante de uma representante de vendas da Editora Bolsa com a obra em pauta e me propôs a compra do livro de Venícius Telles. O mesmo apresenta uma proposta de ensino de Redação e Gramática e tal técnica me inspirou a solução do problema das pessoas carentes ao acesso aos concursos vários e ao pré-vestibular, hoje “Enem”.
Diante dessa porta aberta passei a postar matérias, bem como lecionar gratuitamente, ou a preços suficientes para manter o custo de transporte pessoal. Sendo a maior parte dos assuntos extraídos do livro “REDAÇÃO&GRAMÁTICA”, de Venícius Telles, uma obra atualizada conforme o último Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (com o título: “gramática aplicada”). O sucesso foi esplêndido, e jovens e adultos alcançaram o que lhes parecia impossível.
Portanto, os direitos autorais são do Professor Venícius Teles, formado em:
·        Licenciatura em Filosofia, Sociologia e Psicologia – PUC-PR (1973).
·        Pós-graduação em Teoria do Conhecimento – UFPR (1975)
·        Professor de Cursos Preparatórios e Ensino Superior
·        Diretor do CEC – Concursos e Editora Curitiba
·        O mesmo é autor de diversas obras de Língua Portuguesa.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015



Conheça a cidade subterrânea que já abrigou mais de 20 mil pessoas; Veja fotos

Localizada na Capadócia, Derinkuyu foi construída 85m abaixo do nível do solo e possuía uma infraestrutura completa para suportar até 100 mil habitantes. A cidade que é datada de 1,8 mil a.C. era formada por 20 andares subterrâneos.
Quando se fala em Capadócia, na Turquia, logo se pensa em suas formações rochosas inconfundíveis mescladas com paisagens idílicas que são cortadas diariamente por dezenas de balões coloridos, porém uma das maiores belezas da região está escondida embaixo da terra. Localizada a 85 metros de profundidade, a cidade de Derinkuyu já abrigou cerca de 20 mil pessoas, mas tinha capacidade para hospedar até 100 mil habitantes. Acredita-se que o local servia como proteção aos moradores da região contra ataques de inimigos, porém outra teoria menos popular afirma que o lugar serviu de abrigo durante uma Era Glacial.
A cidade, que é datada de 1800 a.C., é formada por um complexo sistema de túneis e salões que abrigavam todas as necessidades de uma vila da época como residências, armazéns, mercados, templos religiosos, estábulos, adegas, refeitórios e até um moderno sistema de ventilação e poços d'água. Ao todo, o labirinto de túneis possui sete quilômetros de extensão que são distribuídos em 20 níveis (andares), todos subterrâneos.
A cidade de Derinkuyu não é a única nestes moldes localizada na Capadócia, porém é a mais profunda da região. Ao todo, existem outras 150 vilas construídas sob o solo rochoso do local, entre elas Kaymakli que é ligada a Derinkuyu por um túnel de oito quilômetros de comprimento. A excessiva proteção é justificada pelo fato da região ter sido uma importante rota comercial no passado e alvo constante de ataques inimigos. Contudo, com a criação de novos caminhos comerciais, o local perdeu importância econômica e as invasões diminuíram, não mais justificando a existência destas cidades construídas em rochas vulcânicas. A partir do século VIII, estes mundos subterrâneos começaram a ser abandonados.
Desde 1965, a cidade é aberta ao público para visitação, mas com algumas restrições. Apenas oito dos 20 andares que existiram no passado podem ser visitados e para entrar no local é necessário estar acompanhado de um guia turístico. A visita dura cerca de duas horas e custa €40 (R$ 129) por pessoa.
Como chegar
Com passagens aéreas a partir de R$ 3645, os voos partem dos aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro rumo a Istambul. O percurso entre a capital turca e a Capadócia pode ser feito de ônibus (8 horas) ou avião (1h30). A melhor opção é voar para as cidades de Nevsehir ou Kayseri que ficam na região e oferecem pacotes turísticos até Derinkuyu.
FONTE: http://ecoviagem.uol.com.br/noticias/turismo/turismo-internacional/conheca-a-cidade-subterranea-que-ja-abrigou-mais-de-20-mil-pessoas-veja-fotos-18207.asp

Conheça a cidade subterrânea que já abrigou mais de 20 mil pessoas; Veja fotos - Turismo internacional - Turismo - Notícias - Fique por dentro - EcoViagem

Conheça a cidade subterrânea que já abrigou mais de 20 mil pessoas; Veja fotos - Turismo internacional - Turismo - Notícias - Fique por dentro - EcoViagem