quinta-feira, 14 de março de 2013

O caminho torto




O coração vagueia
O caminho torto que semeia.
Fala a alma suspirando
A conquista tem conspirando.

A boca religiosa em fervor
Empurra para a morte o amor.
Adultera fé fala nos palanques
Rouba a glória do Onipotente.

Vagueia coração impuro.
Pensas tu ser isso seguro?
Não iras tão longe com essa gente
Ó alma irreverente, veja Onipotente!