sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

O socorro



Ao romper da manhã,
Para quem teme a Deus
Nasce a esperança.
Nasce a salvação
Que vem com as sombras
Das lindas asas Divinas,
Trazendo a paz tão esperada.
A proteção de nosso entendimento,
Livramento dos ensinos corrompidos
Que arrebanham almas desesperadas.
Mas agora com a esperança em brilhos
Iluminam-se o caminho para os ungidos,
Recebendo um novo cântico; a nova aliança
Que vem com o refrescar das asas Divina.