DICIONÁRIO AULETE

iDcionário Aulete

quinta-feira, 19 de julho de 2012

GRAMATICA APLICADA – VERBO (MODO INDICATIVO - Continuação5)




VER E VIR
Eis o presente do indicativo e o pretérito perfeito do indicativo dos verbos “vir” e “ver”:
VIR
PRESENTE DO INDICATIVO
PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO
Venho
Vens
Vem
Vimos
Vindes
vêm
Vim
Vieste
Veio
Viemos
Viestes
vieram
NOTA: assim se conjugam convir, intervir, provir, sobrevir e advir.

VER
PRESENTE DO INDICATIVO
PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO
Vejo
Vês
Vemos
Vendes
veem
Vi
Viste
Viu
Vimos
Vistes
viram
NOTA: assim se conjugam prever, rever e antever.

O modo imperativo
Emprega-se o modo imperativo para exprimir:
ORDEM:
PEDIDO:
CONSELHO:
CONVITE:
SÚPLICA:
PROIBIÇÃO:
até o mercado e COMPRE laranja-lima, ordenei.
FIQUEM à direita, para não atrapalhar a passagem.
ESTUDAI, ESTUDAI, meus queridos leitores.
VENHA a minha casa amanhã para comemorarmos juntos a sua promoção
Meu Deus, TENDE piedade de mim!
Jamais VIAJE com muito dinheiro no bolso.

Mentiras e doutrinas




O que impedi o homem de  falar sobre o sexo?
Certamente o medo de ouvir e encarar a verdade.
A verdade que habita e está dentro dele aos gritos,
Fazendo-o cheio de medo, mas um doutrinador gigante.

O medo é que o leva a fazer a interpretação particular,
Colocando dos textos Bíblicos a construção do seu muro
Protegendo do ataque que sabe não estar lá fora,
Pois punhaladas há dentro de si, dos versículos isolados.

Uma arma criada para ser usada a fim de levá-lo a punir.
Construindo religiões, para culpar todas as mulheres,
Que com suas belezas arrebatadoras, usadas para possuir,
Com bruxaria e feitiços, os cristãos de vida penitente.

As vestes religiosas são fracas armaduras para a ação
Do sabor incontrolável e do sentido enlouquecedor,
Que faz todo seu corpo gemer sem saber qual a direção
E onde poderia se esconder e é notória e vem a dor.

As vestes religiosas e as práticas ininterruptas
Das constantes orações, não o torna um vencedor,
Por estar baseado nas suas várias formas de mentiras;
Assim afirma que as mulheres não lhe provocam desejos.

Nos palanques, nas praças e nos púlpitos com voz altiva,
Prega a abstinência sexual que o escraviza no silêncio,
Alarmante,  provocando-lhe dor e derrota, assim se autoflagela.
A culpa é daquela bela mulher, que enfeitiçou com o lindo corpo.

Não! Agora ela será chicoteada até a morte, como punição,
Por ter despertado no seu corpo o desejo e o prazer...
Mas, ao chicoteá-la vem o sadismo, dando-lhe o gozo e a paixão.
Então, aquele rosto desfalecido traz-lhe a culpa do anjo morrer.

O falso pudor e o tabu estabelecido por mentes doentes,
Ainda hoje perdura, aniquilando homens e mulheres na alma
E estabelecendo a morte, arranca a felicidade eternamente,
Sofrendo, nos hospitais e várias clínicas de psiquiatria e psicologia.

Quem ensinou o homem a fugir da sua natureza e de não amar?
Se Jesus Cristo ordenou a amar a si mesmo e ao próximo,
Com a mesma intensidade, numa troca de prazer e assim continuar
A espécie humana, especial raça, criada com amor e muito carinho.
  

quarta-feira, 18 de julho de 2012

O ÚNICO QUE ENTENDE A MULHER




A mulher se prende entre as suas emoções
Louca e ardente, beija e abraça, é a aventura,
E o fato de ser judia não impedia as paixões,
Que vinham e dominava-lhe por inteira...

Aquele homem não era o primeiro,
Na verdade e qual seria a sua verdade?
Uma vez que ela não sabia dominar seu corpo!
Mais outro e era mais um despertar da sexualidade.

Nas sombras da noite, num céu estrelado,
Um beijo, um louco entrelaçar e uma fala romântica
E era mais um homem casado e sempre muito religioso:
Saduceu, fariseu, escriba ou homem qualquer da nobreza.

Muito romântica e aventureira, uma linda pecadora,
Porém livre da obrigações da nobreza vivia feliz...
O pecado é assim,  às vezes o mantém  sem culpas,
Quando o que cerca o pecador são apenas leis.

Todavia, não sabia ela, que seria um grande exemplo
E que a sociedade lembrar-se-ia dela nas sinagogas.
Pois um dia, em Jerusalém, ela foi pega por um grupo
Composto de religiosos radicais, para servir de prova

Contra  Jesus Cristo, dizendo não ser cumpridor das leis
E tentaram-no o surpreender quando ensinava às pessoas,
A margem da praia, de cima de um barco, de onde falava-lhes
Sobre o Reino de Deus; buscando dar-lhes a vida eterna.

Os lideres religiosos, cegos de inveja, tentaram ao Senhor:
Mestre, a lei manda matar a adúltera! Que faremos agora?
O Senhor sabendo do coração do homem, disse-lhos:
Quem dentre vós, que não tem pecado? Atire a sua pedra...

Um relatório escreveu na areia da praia, diante de todos
E atentos liam, linha por linha, e suas feridas foram expostas.
Cada um tinha um ato ilegal, mentiras e lucros inadequados.
Bem provável, que um ou outro, tenha a conhecida às escondidas.

Talvez, ali no meio, um dos amores secretos, ainda a amava...
Mas seguindo aos fariseus e aos escribas era obrigado ao falso ódio.
Aquela prostituta, ou adúltera, uma classificação bem maliciosa,
Que foi feita sem observar atentamente o livro de Levítico.

Assombrados, um por um, largavam suas pedras, envergonhados.
Assim foram embora, deixando aquela mulher para condenação.
JESUS olhando para ela, paternalmente, disse-lhe: ” EU não te condeno,
Vai embora e não pratiques mais o pecado.” Ame com o coração.

Nas igrejas ensinam o perdão e a remissão do pecado e a justiça,
Lembrando-se daquela mulher que a Lei não lhe deu o caminho,
Nem a libertou de suas paixões, mesmo sendo a Lei Santa
Não pode parar a fúria dos acusadores, mostrando um falso zelo.

Entretanto, aquela mulher merecia ter um encontro com o amor,
Pois procurou a vida toda, nos braços de pecadores, sendo enganada.
Mas existe esperança, para o náufrago e direção certa no deserto,
Ao ter a chance de um encontro com o DONO DE TODA JUSTIÇA.

terça-feira, 17 de julho de 2012

GRAMÁTICA APLICADA – VERBO (continuação3)





MODO SUBSTANTIVO

PRESENTE
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + e
Vend + a
Part + a
Cant + e + S
Vend + a + S
Part + a+ S
Cant + e
Vend + a
Part  +a
Cant + e + MOS
Vend + a + MOS
Part + a + MOS
Cant + e + IS
Vend + a + IS
Part +a + IS
Cant + e + M
Vend + a + M
Part + a + M

PRETÉRITO IMPERFEITO
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + a + SSE
Vend +e + SSE
Part + i + SSE
Cant + a + SSES
Vend +e + SSES
Part + i + SSES
Cant + a + SSE
Vend +e + SSE
Part + i + SSE
Cant + á + SSEMOS
Vend +e + SSEMOS
Part + í + SSEMOS
Cant + a + SSEIS
Vend +e + SSEIS
Part + í + SSEIS
Cant + a + SSEM
Vend +e + SSEM
Part + i + SSEM

FUTURO DO PRESENTE
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + a + R
Vend + e + R
Part + i + R
Cant + a + RES
Vend + e + RES
Part + i + RES
Cant + a + R
Vend + e + R
Part + i + R
Cant + a + RMOS
Vend + e + RMOS
Part + i + RMOS
Cant + a + RDES
Vend + e + RDES
Part + i + RDES
Cant + a + REM
Vend + e + REM
Part + i + RAM

5. As Três Formas Nominais

    Além dos três modos, existem as formas nominais do vendo- infinitivo, gerúndio e particípio -, que enunciam um fato de maneira vaga, imprecisa, impessoal: cantar, cantando, cantado.
    Chamam-se “formas nominais” porque, além de verbos, podem adquirir a função de “nomes” na oração.
A)     O indicativo ( R ) equivale a um substantivo.
Viver é lutar. (= A vida é luta.)
O passar dos anos. (= A passagem dos anos.)

Observações

I.      O infinitivo pode-se substantivar, caso em que permite pluralização como qualquer outro substantivo terminado em “ R “:
os deveres,
os cantares;
os falares, etc.
II.    O infinitivo pode ser impessoal (sem flexão) e pessoal (flexionado).

Infinitivo Impessoal
cantar

Infinitivo Pessoal
Cant + a + R
Cant + a + RES
Cant + a + R
Cant + a + RMOS
Cant + a + RDES
Cant + a + REM
  
B)      O Gerúndio (NDO) equivale a um advérbio ou a um adjetivo.
Amanhecendo, procuraremos a sua casa.
Água fervendo saiu do radiador.

C)      O Particípio equivale a um adjetivo:
Querida companheira...
Homem sabido...
A rainha eleita...
Rapazes atrapalhados...

domingo, 15 de julho de 2012

O retrato




As mães são as guardiãs responsáveis pelas fotos,
Que lindas e perfeitas nos revelam as novas pessoas
E que nascem com tantos sofrimentos e angustias,
Protegidas dentro de seus corpos aquele novo individuo.

Apresentado a uma equipe médica o nascituro,
O seu primeiro choro para prova o seu primeiro ar
E a primeira leitura é feita por um  pequeno publico.
Os traços descrevem a pureza de quem sabe amar...

É a expressão exata do amor! Assim deve esclarecer
A razão de que toda dor foi planejado para a felicidade,
Expressada nesta foto revelada de um novo lindo ser
E lembra-nos o nascimento do SALVADOR da humanidade.

Porém o tempo deixa a marca e desbota o retrato,
Uma sobra apenas lembra aquilo que você era de verdade.
O que mudou? Tudo e nada. A passividade e o vento,
Combinações estranhas e perigosas que alteram a personalidade.

O amor surgiu e cresceu e como arvore frondosa deu frutos
E a todos alimentou e embriagou com sua grande doçura;
Mas o lavrador não tratou de sua raiz, não limpou seus galhos,
Nem medicou suas folhas e seus frutos? Ali, jogados nas cestas.

O tempo é cruel para quem não cuida! Responde duramente...
As folhas foram comidas por hospedeiros e os cupins a ataram
Destruindo seus galhos, levando a sua beleza e o viço da mocidade;
Que pena, agora somente tristeza, cadê a lembrança dos que a amaram?

O retrato daquelas mães já apagado no dia do esperado parto
Um dia de festa nos revela uma foto de uma mulher, sem o primeiro amor,
Mas dádiva de ser mãe será o retrato restaurado que trará um novo fato.
O de ter naquela criança a Divina alegria e a esperança de um novo fulgor.

A felicidade dos enganados




Eu quero viver como aprendiz eternamente
E ter a certeza da paz, do prazer, da tranquilidade
De que nunca vão me magoar tratando-me com ciúmes.
Não irão assustar o meu grupo, porque vive inocente.

Entretanto, o líder e sua cúpula vivem com preocupações,
Que nascem a cada reunião: qual é a melhor pauta?
O projeto a ser aprovado deverá centrar as atenções
E isso não é bom para conservar uma liderança em alta.

O líder precisa ser o melhor, o forte, o inteligente, o intrépido,
Muitas vezes arrogantes, o que é detalhe importante no líder
Não perceptível, pois se confunde com a sua autoridade
E autoridade é a virtude mais procurada para guiar os indecisos.

Para escolher a sua uma diretoria necessita da sabedoria.  
Assim, devem-se estudar as pessoas e separar os inteligentes,
Para que não assumam atividades importantes e influentes.
Desta forma, salve a melhor escolha! Pessoas doces e ingênuas!

Para os que gostam de poder a felicidade está na ignorância
De um grupo ou de um povo e assim garantir o controle do lucro,
Mantendo seu reinado: na igreja, nas empresas e na democracia,
Assim, acima de tudo se declara um Deus ou um ditador.

A felicidade desse gênero chamado líder está em dominar
As massas e criar o nepotismo sem interrupção de um legislador,
O tipo de individuo inteligente, que quebrou todo esquema
Criado com muita cautela; assim o aprendiz vive o seu amor...

Não sabem estes homens materialistas, que o bom da vida
É viver sem culpa, com a felicidade de comer do seu fruto,
O fruto do seu trabalho, ter seu barraco, pode até ser sua casa!
Entretanto, o melhor de tudo é ver vindo, alegremente, o seus filhos.

Quanto a Igreja, adorar a Deus sem reservas e só ver ali a igualdade.
Quanto a liturgia: os louvores, as pregações, os testemunhos e o amor;
São sem reservas e verdadeiros, pois para o aprendiz só existe honestidade.
Crer, cegamente, no seu coração, que Jesus Cristo deu vida e paz e eternidade.

Que fiquem os orgulhosos, que fiquem suas lideranças e seus poderes,
Que fiquem seus controles e seus status, fique lá com suas mansões;
Dominem o que quiserem: igreja, estados, cidades e quarteirões.
O que eu quero, também, como aprendiz, é ter DEUS com seus prazeres.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Sonhos, dúvidas e verdades




Acorda tu que dormes imponente,
Certo de uma verdade que não acreditas.
Anunciando  a mensagem brilhantemente
Entretanto extraída de fabulas de sua mente

Formam-se grandes grupos, milhares de milhares,
Que te seguem fielmente por ter sua imaginação
A construção da utopia em um plágio da verdade,
Que mesmo vencendo foi chamada de ficção.

Uma linda mentira! Escrita em versos e prosa,
Trabalhada em teatro, cinema e televisão;
Digna de aplausos por ser uma linda história,
A falsa ideologia revelada através da interpretação.

O melhor é acreditar naquilo que quer ouvir
O melhor é viver nas asas da falsa ingenuidade,
Acreditar que as nossas fraquezas vão se repetir
Para que possamos corrigi-la por toda eternidade.

Acreditar que o fim seja fim, de fato, e isso é finito.
É para o sonhador de sonhos construídos a sua vida:
Uma como ele quer, assim, sem mortes, sem infernos,
Um constante reencontro, uma história romântica.

A criação é apenas um detalhe do Criador, que só olha,
Sentado em um trono só ouve, mas é muito velho...
Cheio de auxiliares que se reproduzem, por livre escolha
Em constante evolução da alma viram supervisores e anjos.

Vão e voltam, sempre para melhorar a sua evolução
E perdoam-se já no limbo, assim voltam para ensinar a vida;
Mas que vida? A vida onde estão dormindo, a imaginação.
Deus é apenas aprovador, não é o juiz da escolha preferida.

Enquanto Jesus Cristo é cancelado, como reencanação maior
E assim fica melhor ele ali calado! Lá na cruz para sempre...
Sem ressurreição, para não trazer confusão ao teu seguidor
Que o sonhador orientou, em revelação em grande transe.

Escrever e escrever, sempre escrever para revelar
Duas coisas: a que quer ouvir e a que te faz doer.
Doer a alma, com angustias arrepiantes por não acreditar
No que foi dito, por Deus e com sangue te socorrer.

JESUS não está parado,  não é produto da criação,
ELE é o próprio CRIADOR, que ENCARNOU a palavra,
Acabou com as fábulas judaicas e confirmou a salvação.
Naquele dia em que ressuscitou,  para te da a vida eterna.

terça-feira, 10 de julho de 2012

GRAMÁTICA APLICADA – VERBO (continuação2)




MODO INDICATIVO



PRESENTE
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + Ǿ +O
Vend + Ǿ + O
Part + Ǿ + O
Cant + a + S
Vend + e + S
Part + e + S
Cant + a
Vend + e
Part + e
Cant + a + MOS
Vend + e + MOS
Part + i + MOS
Cant + a + IS
Vend + e + IS
Part + i + S
Cant + a + M
Vend + e + M
Part + e + M

PRETÉRITO PERFEITO
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + e + I
Vend + i
Part + i
Cant + a + S
Vend + e + S
Part + i + STE
Cant + a
Vend + e
Part + i + U
Cant + a + MOS
Vend + e + MOS
Part + i + MOS
Cant + a + IS
Vend + e + IS
Part + i + STES
Cant + a + M
Vend + e + M
Part + i + RAM

PRETÉRITO IMPERFEITO
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + a + VA
Vend + i + A
Part + i + A
Cant + a + VAS
Vend + i + AS
Part + i + AS
Cant + a + VA
Vend + i + A
Part + i + A
Cant + á + VAMOS
Vend + í + AMOS
Part + í + AMOS
Cant + a + VEIS
Vend + í + EIS
Part + í + EIS
Cant + a + VAM
Vend + i + AM
Part + i + AM

PRETÉRITO MAIS-QUE-PERFEITO
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + a + RA
Vend + e + RA
Part + i + RA
Cant + a + RAS
Vend + e + RAS
Part + i + RAS
Cant + a + RA
Vend + e + RA
Part + i + RA
Cant + á + RAMOS
Vend + ê + RAMOS
Part + í + RAMOS
Cant + á + REIS
Vend + ê + REIS
Part + í + REIS
Cant + a + RAM
Vend + e + RAM
Part + i + RAM

FUTURO DO PRESENTE
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + a + REI
Vend + e + REI
Part + i + REI
Cant + a + RÁS
Vend + e + RÁS
Part + i + RÁS
Cant + a + RÁ
Vend + e + RÁ
Part + i + RÁ
Cant + a + REMOS
Vend + e + REMOS
Part + i + REMOS
Cant + a + REIS
Vend + e + REIS
Part + i + REIS
Cant + a + RÃO
Vend + e + RÃO
Part + i + RÃO

FUTURO DO PRETÉRITO
CANTAR
VENDER
PARTIR
Cant + a + RIA
Vend + e + RIA
Part + i + RIA
Cant + a + RIAS
Vend + e + RIAS
Part + i + RIAS
Cant + a + RIA
Vend + e + RIA
Part + i + RIA
Cant + a + RÍAMOS
Vend + e + RÍAMOS
Part + i + RÍAMOS
Cant + a + RÍEIS
Vend + e + RÍEIS
Part + i + RÍEIS
Cant + a + RIAM
Vend + e + RIAM
Part + i + RIAM