sábado, 30 de junho de 2012

A melhor escolha




Almas que querem a paz
Como uma escolha única,
Não interessando ser o Ás
Da profissão ou da vida.

Adorar a Deus é a escolha
Mais importante que já fez
E anunciar a todos a vida
Que tens, e ser agora sua vez.

Pois quem dá a felicidade
Vê a todos sem discriminar
Abominando  a iniquidade
E vidas que não querem amar.

Amar para viver com saúde
Física e espiritual e louvar
A Deus anunciando a verdade
Cristã para poder se salvar.

Não importa as honrarias,
Que oferecem os templos
Com suas lindas cadeiras
Macias e enfeites de ouros.

Não interessa as promessas
Dos cargos e consagrações,
Nem os registros da igreja
Nas grandes convenções.

A escolha da alma é a paz,
Que vem da grande salvação
Do homem que só Jesus a faz,
Lembrando o dia da redenção

Conquistada através da morte;
Quando por nós foi humilhado,
No calvário, criando a liberdade
De falar com Deus; livre do jugo

Das religiões criadas por cristãos,
Que nunca sofreram as dores
Da fé, tendo limpado suas  mãos
Dos sangues, da morte de inocentes;

Que um dia a Deus farão a reclamação
De nunca ter ouvido o esse evangelho,
Por viverem em áreas  sem “acesso”,  
A alma feliz negou-lhe a evangelização.