DICIONÁRIO AULETE

iDcionário Aulete

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Prova de Língua Portuguesa (texto e substantivos) 6 ano

Escola Municipal Professor João Baptista

Professor: Jair de Oliveira Filho
Aluno:                                                                           Turma: _____
Ladário, MS, em ____ de ___________ de 2010.

Prova de Língua Portuguesa

1. O texto que você vai ler é o fragmento de uma reportagem sobre os rios que fazem parte da Bacia Amazônica. Leia e informe-se

Rios de sujeira

        A Bacia Amazônica, uma das maiores riquezas hidrográficas do mundo, com seus mais de 20.000 quilômetros de rios navegáveis, é vítima de embarcações que despejam lixo em suas águas. Barcos que operam em trechos movimentados, como os de Belêm - Manaus e Belêm - Macapá, não possuem lixeiras, Assim, latinhas, copos, pratos, talheres e papel vão para o fundo dos rios.
Revista Terra, ano 8, nr 5, edição 85.
São Paulo, Abril, maio de 1999.

2. O título anuncia o fato que seria abordado na reportagem.

a) Que fato é esse?

b) A expressão "de sujeira" especifica o substantivo rios. Com que finalidade essa expressão foi empregada?

c) O que faltava nas embarcações para prevenir a limpeza da Bacia Amazônica? ________________

3. Releia o texto e escreva três substantivos próprios mencionados no mesmo.
4. Retire do texto um substantivo comum que mostra o tipo de poluição dos rios navegáveis da Bacia Amazônica:------------------------------------

5. De o coletivo das palavras abaixo:

Retratos, selos: ____________  músicos: __________  estrelas :_________  soldados: _________

6. Complete com o substantivo abstrato correspondente:

feliz = _________         educado = ___________
fácil = _________         valente = ___________

7. Dê outras classificações para os substantivos simples, assim:
            1 - próprio          2 - comum               3 - abstrato
(  ) tristeza (  ) covardia (  ) Portugal (  ) Paraná (  ) garoto (  ) saudade

8. Classifique os substantivos em C (concretos) e em A (abstratos).
(  ) beijo (  ) mar (  ) Brasil (  ) égua
(   ) alegria (  ) atenção (  ) beleza (  ) verdade

9. Sublinhe os substantivos comuns
São Paulo - Rio de Janeiro - mar - garrafa - violão - Argentina - livro.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

[Por Dentro do AdSense] DoubleClick for Publishers Small Business agora está ...

Em fevereiro, anunciamos o lançamento da próxima geração do servidor de anúncios do Google, o DoubleClick for Publishers (DFP). Hoje, completamos a atualização dos editores do Google Ad Manager para o DFP Small Business, uma versão otimizada do DFP desenvolvida para atender às necessidades de editores em ascensão, e disponibilizamos essa plataforma globalmente para todos os editores. Se desejar se inscrever on-line, você pode fazê-lo acessando o website do DFP Small Business. Você também pode saber mais sobre as duas versões do DFP acessando nossa página principal do produto.

Como você deve saber, os servidores de anúncios de editores como o DFP ajudam proprietários de websites a gerenciar e exibir melhor as campanhas publicitárias vendidas diretamente a anunciantes, bem como os anúncios que estão alocados para terceiros, como as redes de anúncios. A plataforma do DFP é integrada diretamente com o Google AdSense e o DoubleClick Ad Exchange para oferecer uma solução ainda mais dinâmica para o gerenciamento de anúncios de diversas naturezas.

O novo DFP apresenta várias inovações importantes para a exibição de anúncios, como uma interface do usuário intuitiva, relatórios e ferramentas de previsão sofisticados e uma API (Application Programming Interface ou Interface de programação do aplicativo) flexível. Acreditamos que essas melhorias ajudarão nossos editores a trabalhar mais rapidamente, ampliar os negócios e maximizar o valor de todas as impressões de anúncios. Mais detalhes sobre o lançamento do DFP Small Business estão disponíveis no novo DoubleClick Publisher Blog.




--
Postado por Por Dentro do AdSense no Por Dentro do AdSense em 4/28/2010 10:13:00 AM

--
Você recebeu esta mensagem porque está inscrito no grupo "Por dentro do AdSense", nos Grupos do Google.
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para inside-adsense-pt-unsubscribe@googlegroups.com
Para ver mais opções, visite este grupo em http://groups.google.com/group/inside-adsense-pt

sábado, 24 de abril de 2010

sexta-feira, 23 de abril de 2010

[Por Dentro do AdSense] Dicas de solução de problemas parte III: ganhos e rel...


Quando os anúncios estiverem sendo exibidos em suas páginas, você deverá se concentrar em seus ganhos. Para garantir que todos os cliques e impressões sejam registrados corretamente, confira as observações e dicas a seguir.

Primeiro, lembre-se de que os relatórios do Google AdSense são atualizados em intervalos de 15 a 30 minutos, mas algumas vezes essa atualização pode levar até 24 horas. Desse modo, se alguma vez você não visualizar os números esperados em seus relatórios, verifique novamente mais tarde, depois que eles já tiverem sido atualizados.

Você usa o recurso Sites Autorizados? Os sites autorizados são sites ou URLs nos quais os editores do Google AdSense permitem que seus anúncios do Google sejam exibidos ou nos quais gostariam que eles fossem exibidos. Se você usar o recurso Sites autorizados em sua conta do Google AdSense, adicione todos os websites nos quais está exibindo anúncios à lista de sites autorizados. Se você se esquecer de adicionar algum site em que esteja exibindo anúncios, as impressões e os cliques nesse site serão exibidos em seus relatórios, mas os anunciantes não serão cobrados e os cliques não irão gerar receita.

Você tem canais configurados para acompanhar seus cliques e suas impressões?

          o Se os relatórios de canais mostrarem mais dados do que os relatórios agregados, é possível que seus domínios ou seus blocos de anúncios estejam sendo acompanhados simultaneamente em critérios personalizados ou vários URLs. Se for esse o caso, para visualizar suas estatísticas completas e precisas, acesse a página "Relatórios avançados". Ao selecionar o botão de opção "Dados agregados" e clicar em "Exibir relatório", você verá todos os cliques, impressões de página e ganhos de sua conta sem duplicação de dados.

          o Você também pode ver que os relatórios agregados mostram mais dados do que os relatórios de canais, mesmo que todas as páginas sejam acompanhadas com canais. Isso pode ocorrer algumas vezes, quando a página for exibida com um frame. Nesse caso, os dados não serão exibidos nos relatórios de canais, e sim nos relatórios agregados.


Os dados de canais podem ser um pouco complicados. Desse modo, escolha nomes característicos para diferenciar URLs de critérios personalizados. Assim, você saberá exatamente quais dados está visualizando. Recomendamos também que conferir as dicas de otimização para canais, que ajudarão a determinar quais blocos de anúncios e canais apresentam melhor desempenho e como você pode usar essas informações para gerar mais receita.

Você atribuiu nomes corretos a seus canais de anúncio, caso os tenha? Depois de criar canais para seus blocos de anúncios ou domínios, você poderá transformar os critérios personalizados em canais de anúncio para os quais os anunciantes podem segmentar seus anúncios especificamente com a segmentação por canal. Ao inserir uma descrição para que seus canais apareçam como canais de anúncio, insira algo informativo e preciso para representar bem seu site.

Além disso, tenha cuidado ao renomear o canal do anúncio, pois você perderá os lances existentes dos anunciantes.

Na próxima semana, veremos os controles do editor e como filtrar determinados anúncios para que eles não sejam exibidos em seu site. 


Postado por Ulrike Jung - Equipe do blog Por Dentro do AdSense

--
Postado por Por Dentro do AdSense no Por Dentro do AdSense em 4/23/2010 02:12:00 PM

--
Você recebeu esta mensagem porque está inscrito no grupo "Por dentro do AdSense", nos Grupos do Google.
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para inside-adsense-pt-unsubscribe@googlegroups.com
Para ver mais opções, visite este grupo em http://groups.google.com/group/inside-adsense-pt

terça-feira, 13 de abril de 2010

Google Friend Connect
















segunda-feira, 12 de abril de 2010

[Por Dentro do AdSense] Dicas de solução de problemas parte IIb: relevância e...

Para dar continuidade à nossa publicação anterior sobre relevância de anúncios e segmentação, analisemos outros motivos que possam causar problemas com a segmentação de anúncios no seu website.



O Indexador do AdSense tem o acesso às suas páginas bloquado? O Indexador do AdSense consiste num programa automático que examina as páginas web e monitoriza o conteúdo para indexação. As vezes não indexamos páginas porque o Indexador do AdSense não tem acesso às páginas, e nesses casos não é possível determinar o respectivo conteúdo e apresentar anúncios relevantes. Eis alguns casos específicos de quando o nosso indexador não consegue ter acesso um website:

  • Se utilizar um arquivo robots.txt que regula o acesso do indexador à página. Neste caso, pode conceder acesso ao Indexador do AdSense, adicionando estas linhas ao início do seu arquivo robots.txt:


                       User-agent: Mediapartners-Google*  
                       Disallow:



  • Caso os websites onde colocou o código do anúncio estejam protegidos por um login ou senha, o nosso indexador não poderá acessar o seu website. Para garantir o acesso a páginas deste tipo, siga as instruções abaixo. Não se esqueça de verificar regularmente a ferramenta de diagnóstico do website para ser informado sobre páginas bloqueadas.


O idioma do website é suportado pelo AdSense? Verifique se o website possui uma quantidade substancial de conteúdo baseado em texto num dos idiomas suportados pelo AdSense. Quando o conteúdo é suficiente, a nossa tecnologia detecta o idioma principal de cada uma das páginas e apresenta anúncios relevantes no idioma adequado, mesmo que o Web site contenha vários idiomas suportados.



  • Os indexadores utilizados pelo Google AdSense indexam conteúdos por um URL único. Como resultado, se o URL for o mesmo independente do idioma escolhido pelo utilizador para visualizar as páginas, o nosso sistema só terá a versão do idioma que recebeu ao indexar este URL. Isto implica que mostraremos anúncios de acordo com a página que o nosso sistema tem em cache, o que poderá não corresponder ao idioma no qual o utilizador visualiza a página. Para solucionar esta questão, sugerimos o seguinte:
Crie diretórios distintos para cada idioma, tais como http://www.site.com/en/index.html


Envie variáveis GET (informação do utilizador encriptada acrescentada no fim do URL após o caractere ?) no URL para determinar qual o idioma que deve ser apresentado como, por exemplo, http://www.site.com/index.php?lang=en

Vê anúncios de serviço público (PSAs) num website que apresentou anteriormente anúncios pagos? Se a sua conta do AdSense requer um PIN ou verificação por telefone, verá uma mensagem na sua conta quando iniciar a sessão. Caso não confira o seu PIN ou número de telefone (os requisitos poderão variar em função da sua localização), poderá ver PSAs no seu site. Se este não for o seu caso, visite a nossa Central de Ajuda para obter mais informações.

Se continuar a ter problemas de segmentação de anúncios ou se não puder visualizar os seus anúncios, recomendamos que visite a resolução de problemas de anúncios na nosso Central de Ajuda.



--
Postado por Por Dentro do AdSense no Por Dentro do AdSense em 4/12/2010 04:43:00 PM

--
Você recebeu esta mensagem porque está inscrito no grupo "Por dentro do AdSense", nos Grupos do Google.
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para inside-adsense-pt-unsubscribe@googlegroups.com
Para ver mais opções, visite este grupo em http://groups.google.com/group/inside-adsense-pt

quarta-feira, 7 de abril de 2010

A existência de Deus (continuação)

O argumento do desígnio. O desígnio e a formosura evidenciam-se no universo; mas o desígnio e a formosura implicam um arquiteto; portanto, o universo é a obra dum Arquiteto dotado de inteligência suficiente para explicar  sua obra. O grande relógio de Estrasburgo tem, além das funções normais dum relógio, uma combinação de luas e planetas que se movem, mostrando dias e meses com a exatidão dos corpos celestes, com seus grupos de figuras que aparecem e desaparecem com regularidade igual ao soarem as horas no grande cronômetro.
Declarar não ter havido um engenheiro que construiu o relógio, e que este objeto "aconteceu", seria insultar a intteligência e a razão humana. É insensatez presumir que o universo "aconteceu", ou, em linguagem científica, que procedeu "do concurso fortuito dos átomos"!
Se analisarmos os pontos obvios que está acima exposto, bem como o fato de um livro qualquer  escrito tornando-se um  bestseller obtiver uma crítica dizendo que foi o acaso, que as letras cairam e se ajuntaram por uma razão matemáticamente ou eletromagnéticamente explicável, ora isso iria ofender mais o público do que o autor da obra; certamente teria uma crise de riso em vez de fúria. O que você acha da postura de Deus em relação a sua criatura buscando argumentações tão absurdas? Da mesma maneira, observamos o designio e a operação dum plano no mundo e, naturalmente, concluimos que houve alguém que o fez e que sabiamente o preparou para o propósito ao qual está servindo.
O fato de nunca termos viso a fabricação do relógio, ou de um motor de carro ou moto, ou ainda não sabermos como o autor de um livro conseguiu criar o seu texto seja qual for a classificação literária, não nos dária a convicção de que tais obras foram realizadas pelo poder contido na natureza. Por que não conhecemos os fabricantes e os autores poderiamos dizer que eles não existem e que foi o acaso o causador do "fenômeno" científico ou literário?
Acerca de Deus disse Jó: "Faz grandes coisas que não podemos compreender. Pois diz à neve: Cai sobre a terra" (Jó 37:5,6). Eu já gastei dois dias inteiros para copiar com uma pena e tinta o desenho de Deus de seis cristais de neve e fiquei muito fatigado. E como é fácil para ele fazê-lo! "Ele diz à neve" - e com uma palavra está feito.

[Por Dentro do AdSense] Manutenção do site - 10 de abril de 2010

No próximo sábado, dia 10 de abril, o site do AdSense ficará fora do ar para manutenção.



A manutenção acontecerá das 14h às 18h, horário de Brasília (18h às 22h em Portugal) do sábado e não vai ser possível fazer login na conta (e nem no Google Ad Manager) neste período. No entanto, como sempre, estatísticas e ganhos continuarão sendo contabilizados normalmente.




--
Postado por Por Dentro do AdSense no Por Dentro do AdSense em 4/07/2010 10:07:00 AM

--
Você recebeu esta mensagem porque está inscrito no grupo "Por dentro do AdSense", nos Grupos do Google.
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para inside-adsense-pt-unsubscribe@googlegroups.com
Para ver mais opções, visite este grupo em http://groups.google.com/group/inside-adsense-pt

sábado, 3 de abril de 2010

Armadilha satânica contra nossos adolescentes e jovens

                            PULSEIRAS DO SEXO (Foto: Reprodução/TV Globo )



          Lendo o globo on line, por indicação do Pr. Daniel, Presidente da Igreja Assembléia de Deus - Ministério Restaurando Vidas, encontrei vários absurdos que estão acontecendo no meio da sociedade brasileira e tudo porque ninguém assume a responsabilidade de ensinar nossos adolescentes - um conselho registrado no livro de Provérbio cap. 22 vers. 6 diz: Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não desviará dele.
         Todos os paises sérios se dedicam a ensinar suas crianças e alguns, a exemplo de Israel, aplica o ensino do torá através dos Rabinos, como esclarece o livro de Atos 22:3 "...mas criado aos pés de Gamaliel, instruído conforme a verdade da lei de nossos pais,..." declaração do Apostolo Paulo em sua defesa diante do povo em Jerusalém quando foi acusado de praticar heresias, porque os ensinos aplicados pelo Rabino Gamaliel - o de maior status entre os judeus - davam suporte aos judeus para não serem contaminados por doutrinas dos gentios.
        As questões sexuais sempre foram marcadas por rigor excessivos entre os judeus. O Cristianismo, nascido de um judeu chamado Jesus Cristo - nosso salvador - também sempre seguiu os modelos de rigor impostos pelo judaísmo, porém com o tempo se deixou contaminar de tal maneira que as autoridades, que se dizem cristãs, de consciência cauterizada,  passaram a agir com grande descaso acerca da educação  e com a  legislação sobre as crianças e adolescentes. Notório também é que as questões regentes sobre os crimes ficaram esquecidas e as leis arcaicas. Posso afirmar dentro de minha ignorância jurídica que não há punição em nosso país, pois as leis atenuantes abreviam tanto a pena do infrator tornando-a uma ironia.
        Vamos ler sobre o absurdo do descuido e o abuso dos filhos do diabo ao criarem códigos sexuais na vida das crianças e adolescentes, conforme máteria da Globo:

       Pulseira preta daria 'direito' a fazer sexo (Foto: Reprodução/TV Globo)

       Uma adolescente de 13 anos foi estuprada por pelo menos três rapazes, em Londrina (PR). O crime teria sido motivado pelo uso da  "pulseira do sexo", segundo a polícia. A vítima foi abordada por um grupo composto por quatro jovens depois de sair da escola, na região central da cidade, por volta das 12h do dia 15 de março. De acordo com a Polícia Civil, um dos envolvidos tem 18 anos e vai responder em liberdade pelo crime de estupro de vulnerável. Os demais já foram identificados, mas ainda não prestaram depoimento até a manhã desta quarta-feira (31).

        A “brincadeira” das pulseiras funciona da seguinte forma: uma menina coloca diversas pulseiras de silicone coloridas no braço e um jovem tenta arrebentar um dos adereços. Cada cor representa um “carinho”, que vai desde um abraço até a prática de sexo; quem arrebentar receberá a “prenda” da dona da pulseira.

       Cada cor da pulseira representa um 'carinho', que vai de um abraço até sexo (Foto: Reprodução/TV Globo)

        Segundo o delegado William Douglas Soares, o caso chegou ao conhecimento da polícia no dia 23 deste mês, quando a mãe e a garota relataram o ocorrido. "A menina disse que foi abordada pelo grupo e um deles arrancou a dita 'pulseira do sexo' que ela usava. Pela cor do adereço, ela teria de pagar uma prenda aos jovens. Ela se mostrou constrangida com o fato e acompanhou o grupo até a casa do rapaz de 18 anos. A menina não relatou que eles tivessem usado arma para isso."

         Soares informou ainda que o encontro preliminar aconteceu no terminal de transporte coletivo central de Londrina, que registra grande movimento de estudantes no horário de saída das escolas. "A vítima e os envolvidos não se conheciam. Por isso tenho a convicção de que o crime só aconteceu por causa do uso das 'pulseiras do sexo'. Fica aqui o alerta aos educadores, pais e estudantes sobre isso."

         A jovem está recebendo acompanhamento psicológico do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas) desde o registro do caso. "Estamos esperando os laudos psicológico e do Instituto de Medicina Legal (IML) sobre as agressões sofridas pela menina", disse o delegado.

         Soares informou ainda que o fato de a jovem ter acompanhado os agressores até a casa de um deles não tem importância no inquérito. "Trata-se de um caso de estupro de vulnerável, que independe de consentimento ou não da vítima, que neste caso tem menos de 14 anos, como rege a legislação."

         Em caso de condenação, o rapaz de 18 anos pode cumprir pena que varia de 8 a 15 anos de reclusão. "No caso dos demais envolvidos, que são menores de idade, eles podem ser levados para medidas sócio-educativas ou até para internação, de acordo com o ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente]", disse o delegado.

         Polêmica

         Em São Paulo, o uso das pulseirinhas provocou polêmica entre pais, educadores e alunos. Fáceis e baratas de se comprar, as pulseiras viraram moda.

         Um projeto de lei que proíbe o uso das pulseirinhas do sexo nas escolas da rede municipal de Navegantes (SC) foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores da cidade, no começo deste mês.

         Após a leitura dessa reportagem gostaria de fazer umas perguntas:  As Igrejas irão fazer o que a respeito? Vão continuar brigando por liderança? Buscando ser estrela de TV, um pop star? Construindo templos enormes para se gloriar de ter o templo mais suntuoso? Vamos cuidar das nossas crianças, dos nossos adolescentes e dos nossos jovens dando-lhes educação apropriada, moradia, alimentação e segurança, nós como igreja podemos fazer o melhor pelo nosso país, além de orar.